Empreendedorismo

Sebrae-SP e AMVAPA firmam parceria para promover desenvolvimento regional

Contrato foi assinado nesta quinta-feira, dia 7; ação poderá envolver até 17 municípios

Com o objetivo de promover o desenvolvimento regional por meio do empreendedorismo, o Sebrae-SP e a AMVAPA – Consórcio Intermunicipal do Alto Vale do Paranapanema assinaram uma parceria nesta quinta-feira, dia 7, para implantar o Programa de Desenvolvimento Local (PDL) em dois dos 17 municípios associados.

O PDL tem como finalidade levar mais sustentabilidade, crescimento e competitividade aos municípios por meio de ações ligadas ao empreendedorismo envolvendo o setor público, setor produtivo e a sociedade civil. As ações trabalhadas em conjunto irão refletir em mais empregos, geração de renda, aumento do Produto Interno Bruto (PIB) e acesso a crédito e vão envolver os empresários locais e os produtores rurais da agricultura familiar. O programa é baseado de acordo com a vocação regional e no fomento e desenvolvimento de negócios.

A assinatura do contrato envolveu o presidente da AMVAPA, Isnar Freschi Soares, o gerente regional do Sebrae-SP Thiago Bueno Ferraz e a analista de geração de negócios do Sebrae-SP Roberta Leal. As cidades de Itaí e Manduri já aderiram ao projeto e as ações devem começar ainda em 2019. Os outros 15 municípios devem aderir ao PDL no ano que vem. São eles: Águas de Santa Bárbara, Angatuba, Avaré, Barão de Antonina, Cerqueira César, Coronel Macedo, Fartura, Iaras, Itaberá, Itaporanga, Paranapanema, Piraju, Riversul, Sarutaiá, Taguaí, Taquarituba e Tejupá.

O projeto será formado por programas de capacitação para cada um dos públicos beneficiados, customizados para a necessidade de cada município. Além dos programas estabelecidos, o Sebrae-SP estará próximo das secretarias dando todo o suporte na elaboração de políticas públicas em prol do desenvolvimento econômico do território.

Serão realizados cursos de capacitação para empreendedores, potenciais empreendedores, agentes públicos, além de encontros para geração de negócios. Também estão previstas ações de cultura empreendedora, como capacitações voltadas para os professores para aplicação em sala de aula com jovens.